4 de dezembro de 2021

Mulheres na liderança por Andrea Cordeiro – Canal Rural

Compartilhando artigo que escrevi para o Canal Rural sobre a atuação das profissionais em cargo de liderança em empresas listadas na B3

Muito foi feito mas ainda há muito por fazer! Empresas acelerem em suas ações. Mais do que nunca precisamos de um ambiente corporativo plural.

ESG, que estas 3 letrinhas ressignifiquem conceitos, provoquem debates, instiguem ações, projetos e semeiem transformações.
Que todos os setores estejam despertos para fomentar a valorização do protagonismo da liderança feminina em um ambiente que apoia sim a meritocracia mas que seja inclusivo, acolhedor, capacitador e nada estéril. Um abraço Andrea Cordeiro

 

https://blogs.canalrural.com.br/agroinspiradoras/2021/10/06/mulheres-na-lideranca/

 

 

Mulheres na liderança

Estudo divulgado pela B3 mostra que mulheres ocupam cargos de diretoria em apenas 11% das empresas listadas na bolsa

De acordo com estudo divulgado pela B3 e baseado em todas as empresas listadas na bolsa, que incluem várias que atuam no agro, as profissionais mulheres em cargos de liderança exercendo pelo menos dois cargos de diretoria estão restritas a apenas 11 % destas empresas.

O estudo ainda mostrou que 89% da companhias apresentam uma ou nenhuma mulher em cargo de direção e que 61% das empresas não reportam profissionais mulheres em seus cargos de direção.

Também nos conselhos a situação é desigual. Em 45% das empresas mulheres não estão nos conselhos, em 32% apenas uma mulher compõe o conselho e em 6%, registra-se o melhor cenário: 3 ou mais mulheres compondo o conselho.

Como incentivadora há tantos anos da valorização das mulheres no mercado de trabalho, praticante da sororidade mas defensora da meritocracia eu me pergunto o que mais fazer se não estimular e intensificar as ações de capacitação junto às empresas?

É fato que mulheres buscam mais capacitação. Vejo isso no meu dia a dia. Como profissional, como mentora, como empresária.

Nas consultorias, cursos e mentorias que dou como o Descomplicando o Agro, embora não seja direcionado ao público feminino, as mulheres são presença dominante.

Algo mais precisa ser feito para que este gap, esta lacuna seja estreitada mais rapidamente. As empresas precisam se engajar mais para ações múltiplas e ampliar seus radares para as lideranças femininas.

Meus 24 anos de mercado financeiro e agro me concedem a honra de grandes amizades e relacionamentos com profissionais extremamente qualificadas. Grandes nomes, diretoras executivas, CEO´s, CFO´s, superintendentes, mas ainda assim, um universo de muitas outras, igualmente capazes que navegam neste mercado de forma quase que anônima.

Caminhamos muito, mas ainda há muito a caminhar.

Um forte abraço Andrea Cordeiro

#esg #capacitação #meritocracia #inclusão #liderança #empresas

Adicionar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clique na imagem e garanta o seu!

Categorias

Clique na imagem e garanta o seu!

Categorias