16 de janeiro de 2021

Dia Nacional do Livro

Dica de leitura

Neste Dia Nacional do Livro comemoramos uma das invenções mais enriquecedoras do ser humano!
E nós orgulhosamente mais uma vez celebramos nosso amado livro Mulheres do Agro.

Se ainda não conhece o @livromulheresdoagro, aproveite esta data linda para adquirir o seu e conhecer histórias maravilhoras de grandes Mulheres do Agro. Conheça também um pouco mais nossas adoráveis autoras:
@andreasousacordeiro
@marielybiff
@robertapaffaro
@ticianefigueiredoagro

E se já conhece o livro, presentei aquela amiga especial que está precisando de uma inspiração para brilhar!

“Os pássaros tem asas. As pessoas tem livros.”

Um felicíssimo Dia Nacional do Livro a todos!
.

A data

Dia Nacional do Livro é comemorado anualmente em 29 de outubro.

A data celebra uma das invenções mais enriquecedoras do ser humano: o livro!

O livro pode ser uma fonte inesgotável de conhecimento, transportando os leitores para os lugares mais espetaculares da imaginação humana, além de informar e ajudar a diversificar o vocabulário das pessoas.

Os livros surgiram há centenas de anos e, desde então, continuam maravilhando as gerações com contos fantásticos e registrando os principais acontecimentos da história da humanidade.

Existem outras datas importantes relacionadas aos livros, como:

  • Dia Mundial do Livro (em 23 de abril);
  • Dia do Livro Didático (em 27 de fevereiro);
  • Dia Internacional do Livro Infantil (em 02 de abril);
  • Dia Nacional do Livro Infantil (em 18 de abril), uma homenagem ao escritor Monteiro Lobato, que nasceu nesse dia, tido como precursor da literatura infantil brasileira.

Origem do Dia Nacional do Livro

O Dia do Livro surgiu em homenagem à fundação da Biblioteca Nacional do Livro, em 1810, pela Coroa Portuguesa. Na época, D. João VI trouxe para o Brasil milhares de peças da Real Biblioteca Portuguesa, formando o princípio da Biblioteca Nacional do Brasil (fundada em 29 de outubro de 1810).

Vale lembrar que o Brasil começou a editar seus próprios livros ainda em 1808, quando D. João VI fundou a Imprensa Régia. O primeiro livro a ser editado foi “Marília de Dirceu”, do escritor Tomás Antônio Gonzaga.

Os aficionados por livros ainda celebram anualmente o Dia Internacional do Livro, em 23 de abril, que surgiu na região da Catalunha, na Espanha, em homenagem ao escritor Miguel de Cervantes.

Adicionar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clique na imagem e garanta o seu!

Categorias

Clique na imagem e garanta o seu!

Categorias