17 de junho de 2019

Plantio de Milho & Soja nos EUA -Parte I

Em conversa com alguns produtores no meio oeste – em Illinois, Iowa e Nebraska, percebe-se a preocupação gritante e imediata para plantar o milho.

A janela ideal para finalizar os trabalhos na maioria dos estados, com exceção dos que compõem o sul é até 25/30 de maio e nesse momento, em meio às incessantes chuvas e tornados, os produtores correm contra o tempo e aproveitam cada janela. Alguns inclusive entram madrugada adentro nas máquinas.

Embora a janela para a maioria dos estados finalize agora em maio, algumas regiões seguiriam plantando até 05 de junho.

Vários produtores inclusive afirmam que nesse momento ainda nem pensam no “prevented planting” do milho pra soja e só querem focar no plantio do cereal.

Além das chuvas um detalhe extra que vem chamando a atenção é o tempo frio. As temperaturas abaixo do normal não permitem que o solo já encharcado evapore e retardam o processo de germinação do milho.

Na próxima segunda feira será feriado nos Estados Unidos portanto o USDA – Departamento de Agricultura dos Estados Unidos só divulgará a evolução do plantio e o acompanhamento de lavoura na terça feira e muito provavelmente o reporte continuará mostrando o grande déficit dos trabalhos nos campos do meio oeste norte americano.

Anda conversando com os produtores, consegue-se perceber norte americano que votou no Trump e o apoia está num momento muito irritado e fazendo forte pressão ao governo através de suas associações locais e regionais. O governo vem sentindo a desaprovação sobre sua estratégia com china aumentar.

A chave dos preços nos próximos dias será o tal pacote de ajuda ao produtor norte americano, que vendeu pouco da safra 2018/2019 e está com os armazéns lotados de soja e de milho, acumula custo extra de armazenagem nos transbordos e se vê sem rumo em meio a essa indefinição de guerra comercial e adversidade climática.

Aqui algumas palavras sobre o pacote de ajuda ao produtor. O remédio que Trump promete para curar o doente, US$ 2,00 bushel ao seu sojicultor pode ser o veneno para matá-lo lá na frente caso a China não flexibilize o discurso e o acordo não saia. Embora Trump ainda ínsita em afirmar que as negociações seguem e que um acordo está próximo.

Não nos resta muito a não ser analisar o mercado com muita cautela e observar cada passo do plantio e também do próximo encontro do G20, afinal não é só o produtor norte americano que está nervoso e intrigado.

Aqui no hemisfério sul, brasileiros e argentinos estão preocupados. No Brasil só não sentimos tanto os efeitos dessa indefinição porque o Dólar sobe e os prêmios valorizaram cerca de 70 centavos nas últimas 2 semanas.

Não fosse essa dobradinha, o setor estaria muito mais angustiado pois logo, logo vai receber os insumos pra sua próxima safra que virão com preços bem mais altos. A desvalorização que hoje compensa a queda dos preços em Chicago é a mesma que impactará nos custos de produção mais altos.

Vamos acompanhar ainda a questão da Gripe Suína na China que vem freando a demanda mundial por soja.

Forte Abraço 

 

 

Link Plantio de Milho & Soja nos EUA – Parte II – Clique aqui

Adicionar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *