19 de janeiro de 2020

Soja em 16/11

Durante o feriado de ontem aqui no Brasil, os preços da soja em Chicago resistiram às vendas e fecharam o dia em alta.

O pregão de ontem foi regido pela combinação de números positivos do esmagamento mensal das indústrias americanas, divulgadas pelo NOPA * mais alguns comentários de um representante de uma grande indústria chinesa sobre a China precisar importar 100 Milhões de toneladas do grão.  Alguém lembra que na semana passada o USDA atualizou os dados de importação da temporada atual da China de 95 para 97 mi tons?

Pois é, esse aumento de apenas 2 milhões de tons e nada projetado para a safra dos EUA associado com dados de produtividade em 49,5 bushes por acre acabou sendo um balde de água fria nos fundos de investimentos.

Mas como os fundos ganham dinheiro com essas notícias, ontem, sem muita pressão de venda (fixação) por parte das origens brasileiras (produtores, cerealistas, cooperativas, tradings) os fundos processaram melhor esses fatores, mas hoje a soja busca notícias extras.

Vamos ver se hoje os preços continuam a se desvencilhar dos fundamentos baixistas do clima com os mapas estendidos de boas chuvas para os países da América do Sul.

Na pauta do dia: Relatório do USDA de Vendas Semanais, vai que é a demanda hoje que prevalece na pauta dos fundos, né?

Na minha pauta pessoal: Aniversário do meu querido Marquinho. Viva ele!

NOPA : The National Oilseed Processors Association – o mesmo que Associação Nacional de Processadores de Oleaginosas –  EUA.

1 comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clique na imagem e adquira o seu livro!!!

Missões 2020

Confira os parceiros oficiais do Lenços do Agro 2019!!!

Categorias

Clique na imagem e adquira o seu livro!!!

Missões 2020

Confira os parceiros oficiais do Lenços do Agro 2019!!!

Categorias