3 de julho de 2022

Soja em Clima de Euforia!

E na semana vamos para a quarta sessão em Chicago, mas dessa vez com ritmo de negócios mais fraco na soja desde a madrugada.

O fato de a China ter entrado hoje num período de comemorações do Ano Novo Lunar, de certa maneira tira parte do volume de negócios na Bolsa de Chicago. As festividades se estendem por 1 semana.

Geralmente os chineses são sempre muito tradicionais e respeitam as tradições mas em alguns feriados em 2017 os chineses não estiveram completamente ausente do mercado e realizaram compras de muitos cargos de soja de origem norte americana.

Agora se por um lado a “ausência” da China nas atividades comerciais torna o mercado vazio, por outro lado essa janela torna-se perigosa. No caso de alguma notícia mais relevante, os fundos podem direcionar os preços para onde quiserem e com isso o mercado pode subir ou cair com fraco volume. Ou seja, grande volatilidade com fraco volume e poucos participantes.

Outro potencial perigo se esconde num final de semana prolongado e dessa vez nos Estados Unidos. Na próxima segunda, 19, não haverá negociação em bolsa devido ao feriado do Dia do Presidente. Os pregões de amanhã e de terça-feira podem registrar ajustes de carteira.

Só um exemplo: para esse final de semana estão previstas chuvas importantíssimas na Argentina. Já imaginou se essas chuvas falham? O pregão da terça-feira seria extremamente volátil, possivelmente com fundos atuando na ponta compradora, ainda mais se os mapas estendidos não mostrarem mais chuvas.

Agora pensando no exemplo inverso: se as chuvas acontecerem numa intensidade superior à projetada pelos modelos climáticos e/ou mais chuvas consistentes aparecem nos mapas estendidos os possivelmente os fundos atuariam de forma intensa na ponta vendedora.

Mas aqui vale relembrar que os fundos de investimentos há poucas semanas carregavam posição líquida vendida superior a 100 mil contratos e a defendiam a qualquer custo, mas desde a semana passada iniciaram um desmonte mais intenso das posições vendidas. Duas revisões da produção da Argentina pela Bolsa de Cereales foram o estopim para baixar a conta para “apenas” 15 mil contratos vendidos na Soja.

Eu não tenho dúvidas que no curto prazo os Fundos ainda seguirão acompanhando as condições climáticas na América do Sul. O destaque é – e continuará a ser – a Argentina, mas eventos relevantes no Brasil, como excesso de chuvas, estradas paralisadas, fila de navios nos portos, não devem passar despercebidos.

Mas torno a reforçar que estamos perto de uma mudança de foco no radar dos fundos. Nos dias 22 e 23 de Fevereiro, bem quando a China retornará com gás total às atividades comerciais, a nata da agricultura dos Estados Unidos estará reunida em Arlington, Virginia para o 94 º Agricultural Outlook Forum (numa tradução livre Debate de Perspectivas da Agricultura Norte Americana) e oficialmente aí teremos a influência da nova safra norte americana nos preços da Soja, Milho e Trigo em Chicago.

E nesse sentido, mesmo sabendo que os Estados Unidos têm um amontoado de neve pra degelar, o mapa de acompanhamento da Seca nos Estados Unidos atualizado HOJE continua mostrando que a seca amplia.

E esse acompanhamento semanalmente passará a ter destaque da mídia e a atenção dos investidores, ainda mais em um ano com fenômeno La Nina, que mesmo com intensidade fraca pode prolongar durante o verão nos Estados Unidos.

E com isso os fundos podem ter em mãos outra ferramenta para especularem como quiseram.

Já na semana que vem o Bureau da Austrália atualizará a leituras dos Mapas e na sequência demais institutos como o japonês, americano, canadense

Só pra não deixar passar batido, que tal olhar os mapas de hoje e de quinta passada? Note que Missouri registra expansão das áreas em vermelho, consideradas como SECA EXTREMA e Indiana, que registrava normalidade, agora esta em fase inicial de SECA (representada pela cor amarela).

 

RESUMINHO DO CONTRATO VENCIMENTO MAIO DA SOJA NA SEMANA

Segunda-feira – dia 12 + 19 centavos
Terça-feira – dia 13   + 9,75 centavos
Quarta-feira – dia 14  + 5,50 centavos
Quinta-feira – dia 15 – às 14h40  +4,75centavos

Adicionar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clique na imagem e garanta o seu!

Categorias

Clique na imagem e garanta o seu!

Categorias