15 de dezembro de 2018

Especial Eleições: Não somos inimigas!

Quer saber como praticar a Sororidade nesse momento Pré Eleição?

É fato que esse período eleitoral que estamos atravessado promove dissabores e com eles INIMIZADES, cujas consequências em sua maioria, são sérias e por vezes extremistas – E aqui eu nem preciso citar o exemplo mais recente de extremismo no cenário politico, né? Até porque esse texto não tem qualquer viés politico partidário.

Também é fato que muitos desses bate bocas explícitos e geralmente acalorados, saem dos nossos mundos reais e viralizam em redes sociais, exponenciando o movimento de intolerância e aversão, deixando feridas fundas e com cicatrizes visíveis para o resto da vida.

Imagine que temos que conviver com tudo isso simultaneamente, afinal são familiares, vizinhos, colegas e colaboradores de trabalho, colegas de cursos, muitas vezes se desentendendo e desagregando por defenderem  de maneira inflexível e até intransigente seus pontos de vista.

Há anos venho me perguntando e especialmente agora não consigo deixar de questionar sobre os efeitos negativos da globalização, que propaga bons exemplos, mas também é responsável pela disseminação de “fake news” e acaba com a vida de muitas pessoas. É a mesma globalização que falsamente te “empodera e permite” defender teus ideais a “qualquer custo”! Mas não é bem assim, né?

Se por um lado não podemos ser passivas e ver a banda passar e não nos posicionarmos, por outro não podemos ofender a linha do “bom senso”.

Mas afinal Andrea, o que é bom senso? E é aí que reside o tal do problema!!!!!!

Até porquê talvez o teu bom senso não seja o igual ao meu bom senso e aí já existiria uma janela de interpretação do “nosso bom senso”.

Então um exemplo para praticarmos Sororidade nesses momento atual da vida brasileira é Respeito!!! Acima de tudo Respeito !! Parece simples, mas não é, mas isso não justifica não tentarmos, não é mesmo?

Então vamos lá!!!!

Defenda seus princípios e lute por seus direitos mas sobretudo não agrida o direito de sua próxima. Respeite-a!

Não motive a inimizade e não alimente as diferenças.

Em todos os momentos de nossas vidas deixamos marcas nos que estão ao nosso redor, então decida por marcas de positividade e respeito !

Respeite os conceitos de Política, Religiosidade, Economia, Alimentação, Diversidade, Família, Educação de cada uma!

Trate suas pares como gostaria de ser tratada. Afinal para se posicionar frente a um determinado assunto, você não precisa diminuir, agredir ou ofender o posicionamento alheio.

Precisamos viver essa nova era inaugurada (valorização e empoderamento) e que ela seja uma era vanguarda, na qual conceitos distintos não devem nos afastar dos nosso próximos e sim nos aproximar pelos conceitos do Respeito e Empatia!

Então comece a praticar isso agora ao não impor goela abaixo seu posicionamento sobre seu candidato ou candidata durante o cafezinho na empresa, em seu núcleo familiar, em seu município, no clube que frequenta, no sindicato, associação ou cooperativa em que está associada!

Assuma sempre uma postura prudente e ouso até a afirmar, elegante, ao se posicionar nas redes sociais.

Sabemos que o mundo aqui fora não é cor de rosa. Vivemos dias tensos e intranquilos e elevar nosso tom de voz para defender nossas diferenças ou julgar nossas pares só piorará ainda mais o sistema.

Pratique o exercício diário de cultivar pontes e não inimizades!  Lembre-se que Nós não somos Inimigas. Nós não precisamos competir desumanamente o nosso ponto de vista e Não precisamos diminuir nossa próxima para que tenhamos nossa voz ouvida!

E não duvide nunca que Juntas nós Somamos e Transformamos!

Andrea Cordeiro

 

 

 

 

Adicionar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *