3 de julho de 2022

Cintos Apertados: CONAB e USDA amanhã!

E em meio a muitas informações contraditórias de chuvas para a Argentina,  o mercado ontem tomou um fôlego e subiu 17 centavos no contrato março, estimulado em grande parte por tomada de lucro de fundos e pela valorização do óleo de soja.

Voltou à pauta do Senado norte americano a votação da renovação da linha de crédito para os biocombustíveis. Se aprovada, a medida estimulará a indústria local. Essas especulações desencadearam compras de óleo de soja e influenciaram a alta do grão.

Claro que mapas vazios de chuvas no longo prazo e temperaturas altas na Argentina e a boa e velha paralisação anual dos caminhoneiros argentinos apoiaram as compras dos fundos de investimentos de ontem. Também circularam notícias sobre chuvas excessivas no médio norte do Mato Grosso e lentidão de escoamento da safra com filas na BR 163 sentido corredor norte.

Durante a madrugada de hoje e na primeira parte da manhã a soja negociou mais firme,  mas inverteu tendência e negocia no momento com 2 centavos de baixa.

E Atenção para amanhã que é dia de Agenda Relevante.

O Departamento de Agricultura dos Estados UnidosUSDA divulgará os números mensais de Oferta e Demanda dos Estados Unidos e Mundial. Para o quadro de oferta do Brasil, eu pessoalmente acredito que serão pelo menos 2.5 milhões de toneladas na soja uma vez que o adido do USDA no Brasil anunciou que a safra brasileira é de 112.5 milhões de toneladas. Com isso julgo pouco provável que o órgão contrarie seu adido. Mas de qualquer forma, nos EUA as casas de consultoria projetam a safra brasileira em 111 milhões de toneladas.

Mas a curiosidade maior é sobre a safra da Argentina. Há uma expectativa de corte de pelo menos 2 milhões de toneladas. No último USDA a safra foi reduzida para 56 milhões.  vale o destaque que a Bolsa de Cereales recentemente cortou a produção de 54  para 51 milhões de toneladas.

Paralelamente o mercado antecipa novo aumento de estoques nos EUA. Aqui no Brasil, a CONAB também deve aumentar nossa safra de soja. A média das casas de consultoria aqui no Brasil antecipam que a safra será anunciada entre 111 a 113 milhões, embora haja projeções mais arrojadas como a AgRural com 116,2 e a Labhoro Consultoria  entre 114 a 115 milhões de Toneladas.

CONAB divulgará o levantamento de safra do Brasil às 9 horas e USDA às 15 horas, ambos horário de Brasília.

Em tempo: Acompanharei o tour que a Labhoro Consultoria fará à Argentina entre os dias 10 e 17 de fevereiro.  Prometo compartilhar aqui algumas das informações que serão enviadas aos clientes da casa.

Bom dia e Bons Negócios !!!!

Adicionar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clique na imagem e garanta o seu!

Categorias

Clique na imagem e garanta o seu!

Categorias