13 de agosto de 2020

Fechando a semana com chave de Ouro!!!

E a bola da vez é o Clima na Argentina. Com os fundos a procura de notícias novas, os mapas estendidos para a Argentina servem como prato cheio!

Há algumas divergências entre os modelos, mas no geral, os mapas dos principais modelos estão em linha para chuvas no Brasil e Paraguai nos próximo 4 a 7 dias, mas divergem sobre o volume e cobertura da Argentina. Mesmos assim o volume que os mapas estão mostrando é inferior aos previstos nos últimos dias, ou seja, independente do modelo, as chuvas serão menores.

Mas a gente sabe que previsão é não é algo nada concreto, mas com os modelos climáticos a cada dia defendendo a história crescente de uma La Nina até o início de 2018, os fundos passam a ficar mais aguçados e como em suas posições liquidas estão vendidos acabam por comprar para aliar o risco de serem surpreendidos.

Um padrão mais seco persistindo em terras Hermana, poderia influenciar numa menor produção de farelo de soja, produto que os Argentinos são vendedores muito competitivos no mercado internacional.

Se esse padrão seco se instala ou perdura é algo que teremos que acompanhar diariamente!

Ainda o mercado deve aproveitar as especulações sobre o que será anunciado no próximo mandato de biodiesel nos EUA. O mercado acredita que o EPA, a Agencia de Proteção Ambiental dos EUA deverá divulgar as novas regras antes do dia 30.

Adicionar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para seu exemplar autografado envie um e-mail

Agosto Dourado

#oAGROporELAS

Campanha Máscaras Solidárias do Agro

Categorias

Para seu exemplar autografado envie um e-mail

Agosto Dourado

#oAGROporELAS

Campanha Máscaras Solidárias do Agro

Categorias